O Mapa

By anatol

primeiro o trajecto planeado, ainda por terras brasileiras:

ver Directions to Av. Argentina numa janela maior

por razões por nós desconhecidas, os nossos amigos do google não conseguem calcular qualquer trajecto entre fronteiras do Urugay, o que vai, pelos vistos, manter o nosso trajecto nessas terras em relativo segredo.
Segue o trajecto planeado desde Colón (Argentina):

ver Directions to Chiloé, Puerto Montt, Chile numa janela maior

o resto do trajecto ainda está por “planear”, não nos falta esperança de chegar à Quito no Ecuador.
caso algum dos trajectos passe perto de você, e, claro, existir algum interesse no nosso projecto de loucuras viajantes, deixe um comentário e nos entraremos em contacto assim que possível.
as datas de passagem ao longo do trajecto serão publicadas aqui, neste mesmo sítio, conforme a previsibilidade e o avançar da nossa viagem, ou seja em breve e como work in progress

17/07/2011 – 11:45 da matina:

bem, como tudo na vida e no mundo, nada se mantém conforme os planos, resumindo, tudo se transforma e adapta com as mudanças dos problemas e respectivas soluções.
assim acontece com o nosso “mapa”.
dos planos acima documentados resultou então este trajecto:

ver percurso feito – 16/07/2011 numa janela maior

o restante percurso se mantém conforme os planos, claro que existirão alguns desvios para obedecer às condições instáveis de uma viagem como a nossa, mas as alterações mais profundas serão publicadas aqui.

 

06/10/2011 – 15:15 na hora da siesta:

já tá sem tempo que alguém faça uma actualização nesse percurso, portanto cá vai:

View munro-pino hachado in a larger map
os senhores e amigos do google dizem que não se pode passar por pino hachado, e com alguma razão, que entre as duas fronteiras falta uma boa parte do pavimento, coisa que não é rara nesta parte do planeta.
mas passamos, com neve e tudo, como se pode ver aqui.
e logo de seguida continuamos hasta Chiloé:

View hasta pargua in a larger map
mais uma vez, onde acaba o pavimento acaba o google, mas podemos vos confirmar que a estrada continua, depois de uma meia horita de barco volta o pavimento, mas o google tem algumas dificuldades para andar de barco, ao que parece, provavelmente porque não consegíu com os barqueiros repetir o acordo que fez com o “governo” de chile.
e por alí ficamos, um mês, mais ou menos. os pormenores desta estadia podem consultar nas respectivas postagens.
o resto do caminho até então foi o seguinte:

View pargua hasta salta in a larger map
em Temuco ficamos uma semana em casa do nosso novo amigo Larry para depois retomar o caminho com renovadas energias e esperanças.

Leave a Reply

Recent Posts

Categories

Archives

Calendar

September 2017
M T W T F S S
« Aug    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

artistas en el camino

Imprensa

Video

Recent Comments